Espumantes doces para Sobremesa e Panetone

R$147,70

Os espumantes doces evocam opiniões fortes entre os enófilos – eles adoram seu aroma de fruta doce ou não aguentam nem um pouco.

Quer seja degustado como aperitivo ou vinho de sobremesa, misturado a coquetéis para fizz, escaldado com frutas ou combinado com culinária ardente, o Moscato é muito mais versátil e complexo do que a maioria poderia imaginar.

A Brindisi Vinhos selecionou para você uma combinação de Mocatel e Riesling, um da Itália e dois do Brasil, para você provar e tirar as suas próprias conclusões.

Descrição

As uvas Moscato, ou muscat, são cultivadas em toda a Itália, proporcionando uma grande diversidade de sabores e estilos. De espumante a ainda fortificado, Moscato faz uma adição provocante ao repertório de qualquer amante de vinho.

Moscato é um vinho doce de acidez média a baixa, produzido na Itália a partir de uvas Muscat. A uva Muscat é cultivada em todo o mundo – da Austrália à França e à América do Sul – e é considerada uma das uvas mais antigas da história. A origem exata é desconhecida, mas alguns remontam ao antigo Egito.

Embora existam mais de 200 variedades conhecidas de uvas Muscat, as mais comuns são Muscat Blanc à Petits Grains e Muscat of Alexandria. As uvas Muscat vêm em uma variedade de tons, incluindo branco, dourado, vermelho, rosa, marrom e preto. O Muscat Blanc à Petits Grains amarelo dourado é adequado para vinhos, enquanto o Muscat de Alexandria menos refinado é normalmente cultivado para uvas de mesa e passas. Na Itália, a Muscat Blanc à Petits Grains (também chamada de Moscato Bianco) é a uva mais comumente cultivada para o vinho Moscato, seguida pela Muscat of Alexandria (também chamada de uvas Zibbibo).

Uma nota rápida sobre a nomenclatura Muscat – a palavra italiana para Muscat é Moscato, e é importante observar que diferentes países têm nomes diferentes para os Muscats que eles produzem. Na Espanha, você encontrará “Moscatel”, enquanto na Alemanha, você verá “Muskateller”. Tecnicamente, os vinhos rotulados como “Moscato” deveriam ser da Itália, mas nem sempre é o caso. Grandes marcas de vinho da Califórnia e da Austrália também produzem uma variedade de vinhos doces levemente efervescentes rotulados como Moscato – embora esses vinhos não sejam produzidos na Itália, eles são feitos no estilo Moscato.

Quais são os melhores alimentos para combinar com o Moscato?

O segredo para combinar qualquer vinho com comida é o equilíbrio. Moscato é doce, então idealmente você deve combiná-lo com alimentos que possuem perfis de sabor opostos – picante, azedo, salgado, amargo. Embora sua essência doce e frutada possa dificultar a combinação com o prato principal, o Moscato é perfeito com aperitivos, pratos doces de brunch, sobremesa e sozinho como aperitivo. Aqui a diretoria gosta com panetone !!

Informação adicional

Peso 6 kg
Dimensões 18 × 27 × 34 cm